Turismo-de-Portugal.jpg

Crescimento do Turismo de Portugal

O turismo mundial movimentou 1,2 mil milhões de pessoas em 2016.

“Os destinos turísticos de todo o mundo receberam no primeiro semestre de 2017, 598 milhões de turistas internacionais, 6% mais do que no mesmo período de 2016 e o melhor resultado semestral desde 2010”, indicou a Organização Mundial de Turismo (OMT). Segundo o último barómetro da organização, o aumento, que corresponde a mais 36 milhões de turistas, foi maior no Médio Oriente (9%), na Europa (8%) e em África (8%).

Portugal recebeu mais de 9,3 milhões de turistas, entre janeiro e julho de 2017, um crescimento de 10% relativamente aos primeiros seis meses de 2016. No que se refere à receita proveniente da estadia, o valor supera os mil milhões de euros. Pelos aeroportos e portos marítimos nacionais passaram aproximadamente 12 milhões e 558 mil turistas, respetivamente. O Reino Unido, a Alemanha, a Espanha, a França, a Holanda e o Brasil são os países que mais visitam Portugal.

Em Portugal, “os números do turismo desde o inicio do ano mostram que a estratégia que seguimos de diversificação dos espaços de turismo está a ter bons resultados e a ter um crescimento mais forte(...)”, afirmou Manuel Caldeira Cabral, ministro da economia. 

"O turismo está a ser mais forte na chamada época baixa e, portanto, o crescimento do turismo está a espalhar-se mais ao longo de todo o ano, da mesma forma que também se está a espalhar mais por todo o país", sublinhou. Trata-se, de acordo com o governante, de uma realidade "muito importante para a estabilidade do setor (...)”.

Até ao final do ano, Portugal conta receber mais de 21 milhões de turistas, o que compara com os 19,1 milhões do ano passado. Segundo as contas da secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, o objetivo é crescer 10% em relação a 2016 e, neste momento, o número está a crescer acima da meta estabelecida na Estratégia Turismo 2027, na qual tinha sido definido um crescimento anual de 8%.

De acordo com a Associação da Hotelaria de Portugal, 2017 “será o terceiro ano de crescimento, o que vai permitir consolidar resultados”.

Com isto Portugal procura também alargar os seus mercados e horizontes sendo que, já se encontram em contatos com um novo mercado.

Portugal e um novo mercado?

Realizou-se o 43º congresso da APAVT, onde a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, sublinhou o maior ritmo que o crescimento do mercado chinês está a ter para Portugal provocado pelo início, a 26 de Julho, dos voos diretos entre os dois países. Se antes o mercado chinês vinha crescendo 18% em número de hóspedes, agora está a crescer 40%, sendo que até Setembro tinham sido já atingidos os números verificados em 2016.

Garantindo que “o objetivo é manter o nível de crescimento este ano, que é um valor fantástico”, a secretária de Estado considerou que “o mercado chinês é o mercado de futuro” pelo que “temos que estar presente neste mercado e garantir que temos a capacitação da nossa oferta para saber receber turistas chineses”, sublinhou.